Seguro de viagem: Como escolher o melhor seguro

Durante o planejamento da sua viagem ou intercâmbio, nós sempre recomendamos a contratação de um seguro de viagem, independentemente da duração do mesmo. Ao viajar à outro país tenha em conta que você estará à merce dos costumes, do clima, da alimentação de um ambiente completamente desconhecido. Não é incomum saber que algum amigo teve intoxicação alimentar em outro país, correto? 

Por que ter um seguro viagem?

Para que você compreenda melhor, te dou um exemplo: uma consulta simples, sem incluir o preço de remédios ou exames adicionais, em um hospital no  EUA custa aproximadamente 800 dólares, caso você se machuque de forma grave e seja necessário exames adicionais, engessamento e consulta com um ortopedista, ele valor pode variar entre $15000 e $20000 dólares. 

Seguro de viagem obrigatório

Primeiramente você deve saber que um Seguro de Viagem em alguns países é obrigatório. Se você não tiver um seguro que cubra o valor mínimo de imprevistos, você será barrado ao viajar.

Tratado Schengen

O Tratado Schengen foi um acordo que visa a facilitação das viagens entre fronteiras de determinados países europeus. Esse tratado indica que é obrigatório que o viajante possua um seguro de saúde no valor de 30 mil euros. O seguro de viagem deve entregar um papel que comprova o valor e validade do seguro.

Alemanha
Áustria
Bélgica
Dinamarca
Eslováquia
Eslovênia
Espanha
Estônia
Finlândia
França
Grécia
Hungria
Islândia
Itália
Letônia
Liechtenstein
Lituânia
Luxemburgo
Malta
Noruega
Países Baixos
Polônia
Portugal
República Checa
Suécia
Suíça

Outros países

Antárctica
Tailândia
Qatar
Russia
Turkey
United Arab Emirates
Equador
Cuba

O que perguntar à seguradora antes de viajar?

Fizemos uma lista para você se direcionar sobre as coisas mais importantes ao levar em consideração quando entrar em contato com a seguradora para verificar sobre o serviço.

  • É necessário a emissão de algum documento antes ou depois da viagem? Se não, como comprovar que tenho o beneficio?
  • Quais os limites de cobertura para assistência emergencial e eventuais translados médicos?
  • Existe alguma clinica ou hospital conveniado na cidade que eu vou viajar? Caso não, qual a estimativa para o reembolso do serviço?
  •  Existe algum telefone de contato gratuito para comunicar com a seguradora? Se não, como eu posso realizar o contato? Existe algum e-mail?
  • O que fazer caso eu não consiga entrar em contato com a seguradora antes do incidente médico?
  • Se for necessário um reembolso, quais documentos devo solicitar ao hospital? O que eu faço se o hospital não me der esses documentos?
  • Quais documentos preciso levar durante a viagem para possuir acesso ao beneficio?

Beneficio do cartão de crédito funciona?

Antes de falar sobre isso, gostaria de esclarecer que nem todos os cartões possuem o beneficio. Entre em contato com o banco ou a bandeira do cartão antes de viajar para confiar seu beneficio, sempre. Normalmente é necessário que você efetue o pagamento das suas passagens com o cartão do beneficio. O beneficio apenas se estende para filhos e cônjuge.

Outra coisa importante, normalmente as prestadoras indicam que o serviço não é um seguro de saúde, se não, que um  beneficio oferecido pelos cartões de créditos ao seus clientes, porem, o mesmo normalmente cumpre os requisitos de entrada nos países aonde o seguro é obrigatório.

O problema em relação a esse benefícios é que eles não possuem cobertura em muitos países e cidades no mundo. Grande parte das cidades são cobertas apenas através do reembolso. Isso acontece principalmente no Canadá, Alemanha, Japão, China e Reino Unido, porem, há muitas outras localidades em que você necessitará efetuar o pagamento da assistência médica realizada. Além disso, o reembolso pode demorar meses.

Lembre-se de sempre verificar se é necessário emitir algum documento antes da viagem ou da assistência médica, alguns cartões se privam da necessidade de assistência médica se o voucher for impresso em dias posteriores a viagem.

Além da emissão dos documentos, verifique quais documentos são necessários levar consigo durante a viagem, por exemplo, para estender o beneficio para o cônjuge, podem te solicitar uma foto da certidão de casamento.

Outra informação necessária é que normalmente o cartão de crédito não realiza reembolso de despesas com gastos telefônicos, ou seja, verifique se a prestadora de serviço tem um número telefônico especifico para a localidade que você irá viajar, se possível, verifique se alguém pode testar o telefone.

Alguns documentos interessantes para levar durante a viagem:

  • Cópia de RG ou Passaporte de todos beneficiários
  • Cópia de RG ou prova de filiação (caso o beneficio seja para um filho)
  • Cópia de certidão de casamento (para estender beneficio à cônjuge)
  • Cópia de Comprovante de estudos e dependência (para estender o beneficio à filhos dependentes econômicos maiores de 18 anos e menores de 21)
  •  Cópia de voucher da viagem (que contenha as datas da viagem, a forma de pagamento, nome de passageiros e valor total da compra)

Para mais informações, leia os termos e condições: Visa Platinum, Visa Infinity, Mastercard Platinum, Mastercard Black

Arlington Research Call Center

Foto por Arlington Research

Impossibilidade de contato com a seguradora

É sempre necessário perguntar quais são os passos caso isso aconteça para a seguradora, no entanto, podemos te garantir que será necessário solicitar alguns documentos durante essa assistência.

Medical Report / Reporte Médico: esse documento não é a receita médica, ele é um reporte escrito pelo médico com o detalhamento dos sintomas que você sentiu, e todo o tratamento realizado. Ele deve possuir data, horário, sintoma e prescrição.

Receitas médicas: Receitas médicas de todos os remédios comprados

Comprovantes de pagamento: Comprovante de pagamento de todas despesas médicas realizadas, inclusive de remédios.

Verifique com a seguradora quais documentos serão necessários.

O que meu seguro deve cobrir?

Emergências médicas: O seguro de viagem deve cobrir emergências médicas emergenciais, normalmente ele não cobre doenças cronicas ou tratamento à longo prazo. Com isso quero dizer: se você tem miopia e deseja fazer a correção da mesma no exterior, o seguro viagem não vai cobrir essa cirurgia, pois a mesma é uma condição pré-existente e não oferece riscos à sua vida. Porem, caso você tenha enxaqueca, e durante sua estadia em algum país você teve uma crise forte, o seguro de viagem deve cobrir essa consulta pois é uma emergência médica que poderia colocar sua vida em risco e você tem sintomas que te impedem de continuar a viagem. 

Extravio de Bagagem: Viajar à outro país e ter sua bagagem extraviada é extremamente complicado, por isso é importante que você se certifique que seu seguro de viagem cobre esse tipo de incidente, além da própria cia área. Algumas cias aéreas tem um custo de ajuda para bagagens extraviadas, mas a quantidade é minima e não é equivalente à dor de cabeça que você passará. 

Assistência médica para gestantes: Nem todos os seguros de saúde cobrem despesas geradas por gravidez. Portanto, certifique-se que o plano escolhido cobre os gastos de possíveis inconvenientes durante a viagem. Por mais que a seguradora não ofereça beneficio à gestante, ela deve realizar o pagamento da primeira consulta de emergência, pois é necessário realizar uma avaliação se o problema foi causado devido a gravidez ou não. 

Assistência odontológica: Nem todo seguro saúde oferece tratamentos odontológicos, devido aos exuberantes preços no exterior. A assistência odontológica não cobrirá tratamentos corriqueiros como limpeza de dentes ou clareamento dental, ela é voltada à tratamentos emergenciais. É necessário verificar quais tipos de casos são cobertos pela seguradora, muitas seguradoras oferecem seguro para dentes “naturais e saudáveis”, ou seja, se houver algum problema com uma coroa ou implante, o mesmo não seria coberto pela seguradora. Nessa hora, é necessário você efetivamente ler o contrato de adesão de seguro. 

Hao Shaw - Seguro de viagem

Foto por Hao Shaw

Assistência Jurídica: Muitas seguradoras de viagem oferecem o serviço de assistência jurídica, e ele é importante caso você possua problemas legais em outro país. Por exemplo, se você possuir problemas legais. Um dos casos mais comuns de assistência jurídica é em atropelamentos, roubos, perda de documentos importantes. Esse beneficio é muito especifico, deve ser verificado diretamente com à sua seguradora. Muitas seguradoras oferecem apenas uma lista de advogados e não cobre o valor do mesmo, verifique antes de viajar. 

Assistência Farmácia: Nem todos os seguros oferecem assistência para comprar medicações, além disso, os que oferecem as vezes tem limites para a compra do medicamento. Verifique quais os limites com a seguradora. 

Invalidez permanente ou parcial por acidente: O seguro de invalidez vai te cobrir de acordo com a perda, por exemplo, existem valores distintos dependendo da forma de invalidez. Verifique com a seguradora se ela possui esse tipo de seguro e como funcionaria. 

Evacuação médica: Caso seja necessário um procedimento de emergência no exterior e a seguradora escolhida possuir o serviço de evacuação médica, o paciente pode ser transladado ao hospital de origem. No caso da evacuação, é necessário entender que tipos de translado são oferecidos, por exemplo: por terra, por helicóptero, por avião em voo domestico, etc.   

Repatriação médica: se o paciente chegar a óbito durante a viagem, a repatriação de restos mortais deve ser realizada. Os custos para esse tipo de transporte são muito altos, portanto, visando no bem estar da sua família, recomendamos verificar se esse serviço é oferecido pela sua seguradora.

Retorno de acompanhante e menor: Caso o paciente, maior de idade, tenha como acompanhante alguém menor de idade, e por alguma razão seja impedido de viajar, a seguradora garante que o menor de idade chegará bem ao país de origem. Normalmente, na execução desse serviço, alguém de confiança do segurado, ou do contato de segurança dado à seguradora durante a assinatura do contrato, será requerido para viajar ao país para buscar o menor de idade.

Acompanhante: Alguns tratamentos demandam a necessidade de um acompanhante, portanto, algumas seguradoras tem o beneficio de levar algum amigo ou familiar do segurado para acompanhar-lo durante o tratamento. 

Comentários