loader image

Planejamento financeiro de Intercâmbio: 12 Passos

Links Patrocinados

Antes de realizar um oportunidade de intercâmbio, através de bolsa de estudos ou outra maneira, você precisará fazer um bom planejamento financeiro de intercâmbio.

Por esse motivo, iremos te ajudar com uma orientação inicial para você começar a se prepara financeiramente para a sua jornada.

Vamos ver como?

Planejamento financeiro de Intercâmbio

Tenha em mente que todo valor deverá ser considerado estipulado, pois a prática sempre é mais complicada que a teoria.

Por esse motivo, é sempre bom ter um valor a mais embutido, para te proteger de imprevistos.

Não é sempre que você vai comer no mesmo lugar, não é sempre que usará a mesma quantia de transporte e por assim vai.

Tenho isso em mente, veja as 12 dias para um planejamento financeiro de intercâmbio:

1 – Tenha seus objetivos em mente

Saber exatamente como será seu intercâmbio vai te ajudar muito em ter uma noção sobre os gastos a te esperar.

Por esse motivo, você deverá levar em consideração todos os fatores do intercambio que iremos explicar melhor a seguir, como:

  • Local.
  • Acomodação.
  • Alimentação.
  • Transporte.
  • Internet, luz, água e telefone.
  • Curso.
  • Duração.
  • Investimento necessário.

2 – Procure um consultor ou alguém que já fez intercâmbio para conversar

Para que a tudo fique ainda mais claro, é uma ótima opção ter um contato que tenha feito um intercâmbio ou entende do assunto.

Por isso, você poderá encontrar consultores, blogs como nós e até mesmo alguém próximo que tenha feito intercâmbio e possa te dar uma orientação.

Ter um feedback da experiência prática irá te ajudar muito, além de poder tirar todas as dúvidas necessárias e esclarecer a importância de um planejamento financeiro de intercâmbio.

Depois disso você terá tudo o que precisa para começar seu planejamento financeiro para intercâmbio.

3 – Passagens Aéreas

Agora que você sabe tudo que precisa sobre um intercâmbio, vamos anotando os valores.

A primeira coisa a se fazer, é calcular o valor das passagens aéreas de ida e volta para seu intercâmbio.

Links Patrocinados

Normalmente as passagens são os valores mais altos, pois são cobrados logo no inicio e tem alto valor.

4 – Acomodação

O segundo passo é encontrar o valor que você precisará gastar com acomodações no país de origem.

Para isso você poderá usar sites como Airbnb

5 – Alimentação

Para a alimentação você deverá fazer um estudo mais aprofundado, encontrar restaurantes e valores, blogs que informem.

Aconselhamos o site da Preciosmundi para isso por exemplo, mas lembrando que é sempre fazer mais de uma consulta.

6 – Transporte

Você poderá usar o site da Preciosmundi para fazer a mesma coisa com o transporte, mas lembrando que o interessante é consultar o transporte no local onde você irá ficar, para ter um valor mais aproximado.

FI - Planejamento financeiro de Intercâmbio corpo
FI – Planejamento financeiro de Intercâmbio corpo

7 – Internet, luz, água e telefone

Ainda com o Preciosmundi você poderá ver o valor dos custos básicos para morar fora.

Mas lembrando que cada região poderá ter seu valor, onde os disponibilizados são estipulados e não certeiros.

8 – Curso desejado

Se você está pensando para fazer um intercâmbio de estudos, você precisará saber quanto precisará investir para essa formação.

Você poderá encontrar oportunidades de bolsa de estudos para te ajudar nos custos, onde disponibilizamos várias em nosso site.

Muitas agências brasileiras oferecem os cursos aqui, onde você terá um valor mais exato, além de assistência para a sua experiência.

Entretanto, contratar uma agência, apesar de mais seguro, é mais caro.

9 – Tempo do intercâmbio

Agora você deverá determinar o tempo que sua experiência durará, pois só assim você poderá começar a fazer os cálculos dos custos corretamente.

Isso porque o tempo que irá realmente determinar os descontos que você pode conseguir, o valor que deverá ter mensalmente e por quanto tempo para investir.

10 – Valor mínimo de investimento

Agora você sabe o valor mínimo que você precisa para fazer um intercâmbio básico e sem muitos luxos.

Pegue esse valor e aumente mais 30% e pronto. Você terá o valor mínimo, pensando em valores emergenciais e surpresas que sempre aparecem.

Agora você tem o planejamento financeiro de intercâmbio, precisando agora apensar se regras e criar a estratégia para conseguir o valor.

11 – Como você irá acumular esse valor

O seu planejamento financeiro de intercâmbio irá servir como um objetivo, onde você saberá do que precisa para viver essa experiência.

Você poderá fazer isso acumulando um valor obtido por trabalho, trabalho extra ou qualquer outra forma.

Escolha o método que você irá escolher e veja quanto você precisará para investir em suas despesas e quanto poderá guardar mensalmente.

Links Patrocinados

12 – Quanto tempo você irá demorar

Pronto, você terminou seu planejamento financeiro de intercâmbio! Agora você saberá quanto precisará investir e o tempo que irá demorar para isso, e deverá seguir seu roteiro.

Lembre-se que realizar um intercâmbio requer muito preparo, além do planejamento financeiro, portanto veja mais dicas de como se preparar para o seu intercâmbio.

Veja as oportunidades que divulgamos de intercâmbio.

Além disso não esqueça de nos seguir nas redes sociais Instagram, Facebook e Twitter para receber nossa notícias diretamente no seu perfil e feed.

Comentários