Universidade na Argentina: Documentos para estudar na Argentina

Quer viajar por conta própria mas tem dúvidas sobre os documentos para estudar na Argentina? Vamos te ajudar com essa aventura!

Nossa intenção é fazer um guia geral de como funciona o processo, mas lembre-se de que cada universidade tem seus métodos e burocracias próprias.

Se você ainda não sabe qual universidade escolher, leia: Intercâmbio na Argentina: As 8 melhores Faculdades na Argentina

Sempre recomendamos que você entre em contato com o departamento de atenção ao estrangeiro da universidade, para verificar quais são os documentos para estudar na Argentina.

Sasha Stories - Buenos Aires - Argentinas - Aluguar - Documentos para estudar na Argentina -

Foto por Sasha Stories

Documentos para estudar na Argentina

Para estudar em uma universidade na Argentina, você precisará de uma séries de documentos, além do DNI, mas não se preocupe, o processo é fácil e sem complicações.  Caso você não tenha o DNI recomendamos a leitura de DNI: Saiba como solicitar para estudar na Argentina antes de prosseguir. 

Nossa intenção é fazer um guia genérico sobre os documentos para estudar na Argentina, portanto, pode ser que a universidade que você escolheu não precise de todos esses documentos, ou solicite algum outro adicional.

Para evitar gastos com os documentos para estudar na Argentina, recomendamos que verifique junto à universidade quais são os procedimentos para estudantes estrangeiros.

Lista de documentos para estudar na Argentina

Vamos fazer uma lista genérica sobre documentos que são normalmente solicitados pelas universidades argentinas, no entanto,  nem todos esses documentos serão solicitados durante a realização da matricula na universidade.

Portanto, antes de gastar dinheiro com a documentação, verifique no site da universidade quais são os documentos solicitados.

  • Histórico escolar do Ensino Médio: Cópia autenticada + Reconhecidas pelo SEE + Apostilada
  • Certificado de Conclusão do Ensino Médio: Cópias autenticada + Reconhecidas pelo SEE + Apostilada
  • Titulo universitário / pós graduação / mestrado: Cópia autenticada + Reconhecido pelo SEE + Apostilado. Não é necessário a revalidação, apenas se o curso for relacionado à medicina.
  • Antecedentes penais da Polícia Federal do Brasil: Legalizado pelo Consulado Argentino
  • Cartão de Vacina original 
  • Certidão de nascimento nova: Cópia autenticada
  • DNI ou precária: Documento de identidade argentino, leia mais aqui
  • Certificado de Espanhol nível B1 / B2: O nível exigido depende da faculdade, assim como o tipo de certificado
  • Carta de apresentação: Carta explicando quem você é e porque gostaria de estudar na instituição.
  • Carta de recomendação: Documento deve ser feito por algum professor.
  • Certidão de nascimento: Com até 6 meses de expedição, com reconhecimento de firma do tabelião e apostilada.
  • Certidão de casamento: Com reconhecimento de firma do tabelião e apostilada
  • Passaporte: Algumas universidades pedem tradução do Passaporte, verifique se a faculdade solicita esse documento.

Você deve ter percebido que que alguns dos documentos para estudar na Argentina devem ser solicitados no Brasil, não se preocupe, pois o processo é fácil e realizado por muitos estudantes.

Abaixo vamos descrever os processos para a legalização dos documentos para estudar na Argentina.

DOCUMENTOS PARA ESTUDAR NA ARGENTINA - MEC BRASIL

Legalização no MEC ou SEE no Brasil

Você deve ter notado que alguns documentos para estudar na Argentina devem ser legalizados no Ministério da Educação (MEC) ou na Secretaria Estadual de Educação (SEE) do Brasil antes de entregues à universidade.

Abaixo vamos explicar os procedimentos necessários para realizar esse processo:

  • Reconhecimento de firma do diretor ou secretário que assinou seu histórico escolar

É necessário reconhecer as assinaturas em cartório. Antes de fazer o reconhecimento pelo MEC, é imprescindível realizar esse passo.

  • Reconhecimento pela secretaria estadual de educação

Esse passo é realizado na Secretária Estadual de Educação correspondente ao estado aonde foi expedido o titulo. Eles basicamente vão carimbar o seu histórico escolar e certificado de conclusão de ensino médio, indicando a validade do mesmo.

Estudos Técnicos

Importante: Caso seu certificado seja de nível técnico, ou expedido por um Instituto Federal, será necessário legaliza-lo junto ao órgão supervisor responsável. Consulte a sua instituição para verificar qual o órgão correspondente ou entre em contato com a SETEC (Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica)

Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC) – apenas para nível médio TÉCNICO

Esplanada dos Ministérios, Bloco L – 4º andar – Sala 407

CEP: 70047-900 – Brasília/ DF

Tel.: (61) 2022-8612/8589/8602

Caso você precise legalizar seu diploma saiba que documentos acadêmicos (ensino superior) deverão ser carimbados pelas próprias universidades responsáveis.

  • Apostila Haia

Em agosto de 2016 o Brasil foi incluído entre os países dentro do acordo da Apostila Haia.

Para apostilar um documento é necessário primeiramente ver quais são os cartórios autorizados. Você pode verificar os cartórios autorizados clicando aqui.

Cada estado possui um valor diferente para esse tipo de processo que varia entre 30 à 100 reais.

Tanto o carimbo das Secretarias Estaduais de Educação quanto a Apostila da Haia só podem ser obtidas no Brasil, não havendo qualquer intervenção desta embaixada ou dos consulados.

Seguindo esses três passos, seus documentos para estudar na Argentina já estarão quase prontos, só falta legalizar-los no MEC da argentina.

ministerio de educacar argentina - documentos para estudar na argentina

Legalização do MEC da Argentina

Para concluir a lista de documentos para estudar na Argentina, após legalizar seus documentos no Brasil, será necessário legalizar eles dentro do Ministério da Educação da Argentina.

Os turnos são agendados de maneira online, disponibilizados apenas no primeiro dia de cada mês, sempre para o mês seguinte.

É bem complicado conseguir um horário para a revalidação no MEC argentino. Se possível, recomendamos que agende um horário antes mesmo de chegar na Argentina. Os turnos são agendados através desse site.

Lembre-se que também existem pessoas que vendem turnos dentro do MEC, mas é possível agendar-lo gratuitamente pelo site do ministério da educação.

Dirección de Validez Nacional de Títulos y Estudios

Endereço: Montevideo 950, PB, CABA

E-mail: consultascyl@educacion.gob.ar

Telefone: 011 4129-1329

Bandeira Argentina - documentos para estudar na argentina

Certificados de espanhol mais comuns

Um dos documentos para estudar na Argentina é o certificado de proficiência de espanhol, novamente, cada universidade solicita um tipo de certificado diferente, portanto, é necessário verificar qual se encaixa dentro dos requisitos da faculdade que você quer estudar.

DUCLE (Diploma Universitario de competencia en la Lengua Española como lengua extranjera) – É o certificado oferecido pela própria UNR. Para verificar as provas passadas clique aqui.

SICELE (Sistema Internacional de Certificación del Español Como Lengua Extranjera) – Serão aceitos qualquer certificados que tenha o selo da SICELE, que são oferecidos por diversos institutos de espanhol, como o Cervantes por exemplo.

CELU(Certificado de Español: Lengua y Uso): O CELU é o único exame argentino que é reconhecido pelo Ministério de Educação, Ministério de Relações Exteriores e Culto da República Argentina. Para verificar o preço desse certificado, clique aqui, para exames realizados anteriormente, clique aqui.

SIELE (Servicio internacional de Evaluación de la Lengua Española): Esse exame é válido por 5 anos em diversas universidades, inclusive na Europa. Você deve selecionar o país e a data que deseja fazer o exame e um centro será indicado para a realização do mesmo. Para verificar as escolas e preços, clique aqui.

CEI(Certificado de Español Intermedio):  É oferecido pela Facultad de Filosofía y Letras da UBA. Ele consiste em um exame escrito e uma entrevista com um professor. O tema da entrevista será entregue antes da mesma. Para verificar os preços e as datas disponíveis para esse curso, clique aqui.

Pode parecer um pouco complicado, mas na realidade o procedimento para organizar os documentos para estudar na Argentina é bem simples.

Tradução dos documentos

A maioria das universidades não solicitará esse tipo de serviço, no entanto, algumas como a UNR solicitam a tradução até mesmo do passaporte. Portanto, será necessário verificar com a instituição desejada quais documentos são necessários para a tradução.

A mesma deve indicar também qual tipo de tradução eles necessitam, por exemplo, se precisam de um colégio de tradução especifico. Por exemplo, a UNR aceita apenas traduções do cólegio de tradutores de Rosário.

Casa Rosada Buenos Aires Argentina

Foto por Marry Vieira

Comentários