Intercâmbio na Argentina: Como alugar um imóvel em 2020

Na Argentina há requisitos muito restritos na hora de alugar algum imóvel, por isso é importante saber como funciona antes de viajar.

Essas leis e formas mudam constantemente é essencial ter em conta que esse é um estimativo sobre a realidade. Pela crise, as comissões e formas de realizar um aluguel sempre mudam, portanto, é necessário sempre bom buscar do várias referências.  

Lembre-se que há diversos tipos de aluguéis na Argentina: airbnb, temporários diretamente com o dono, temporários por imobiliárias, casas mobiliadas e sem mobilia, você deve escolher dependendo do que é melhor para você. 

Vai conhecer  Buenos Aires? Leia: Bairros de Buenos Aires: Conheça a capital da Argentina

Tipos de alugueis na Argentina

Os aluguéis temporários em imobiliária ou com dono geralmente são de 3 meses a 6 meses, é recomendado para pessoas que ainda não estão seguros que querem ficar muito tempo em Buenos Aires.

Os gastos para alugar são muito altos, portanto, quanto mais tempo você fica na mesma casa, mais econômica é sua estadia na Argentina.

No entanto, como o aluguel permanente demanda de muitos mais requisitos, é muito comum pessoas que moram em moradias temporárias e mudam constantemente. 

Sasha Stories - Buenos Aires - Argentinas - Aluguar

Alugueis temporários

Esse tipo de aluguel normalmente cobre todos os gastos como condomínio (expensas), ABL, luz, gás, internet, todas as contas que podem estar vinculadas ao aluguel de uma moradia. Existem muitos donos que cobram em dólares ou euros, mas também é possível encontrar donos que preferem cobrar em pesos argentinos. 

Para ingressar nesse tipo de moradia você precisará dos seguintes requerimentos:

    • Pagamento de um depósito:  O depósito tem o valor da soma de dois alugueis, e só será devolvido quando o inquilino cumprir o tempo contratual e devolver o apartamento no estado em que o mesmo foi encontrado. (ps: de acordo com a lei argentina, o depósito deve ser de apenas um mês de adiantamento, mas por experiência, sabemos que  isso não é a realidade. Código civil y comercial de la Nación, Art. 1196)
    • Garantia imobiliária: a escritura de uma propriedade dada como um respaldo ao dono do apartamento que se vai alugar.
    • Documento oficial: passaporte, ou DNI. 
    • Honorários da imobiliária: comissões pagas as imobiliárias. 

Aluguéis permanentes

Os aluguéis permanentes variam de um ano a dois anos de contrato, os requisitos para aluguel são os seguintes: 

    • Pagamento de um depósito:  O depósito tem o valor da soma de dois alugueis, e só será devolvido quando o inquilino cumprir o tempo contratual e devolver o apartamento no estado em que o mesmo foi encontrado. (ps: de acordo com a lei argentina, o depósito deve ser de apenas um mês de adiantamento, mas por experiência, sabemos que  isso não é a realidade. Código civil y comercial de la Nación, Art. 1196)
    • Garantia imobiliária: a escritura de uma propriedade dada como um respaldo ao dono do apartamento que se vai alugar.
    • Documento oficial: passaporte, ou DNI. 
    • Honorários da imobiliária: comissões pagas as imobiliárias ( de acordo com a lei quem efetua esse tipo de pagamento é o dono do imóvel, no entanto, sabemos que muitas vezes essa taxa é cobrada aos inquilinos, é um processo ilegal, mas extremamente comum)
    • Recibo de salário: Muitos donos ou imobiliárias pedem um recibo de sueldo de mais de um ou dois anos na mesma empresa. Nem todo mundo solicita esse documento. 
Sadie Teper - Buenos Aires Argentina

Foto por Sadie Teper

Garantia Imobiliária

Na Argentina há requisitos muito restritos na hora de alugar algum imóvel, um desses requisitos é a garantia imobiliária. Ela é a escritura de uma propriedade dada como um respaldo ao dono do apartamento que se vai alugar, para se certificar que as obrigações citadas no contrato se cumprirão. Normalmente só são aceitas as garantias quando o solicitante tenha um vínculo familiar ou afetivo muito próximo ao dono do imóvel garantizado. 

Comprar Garantia Imobiliária ilegalmente

Ilegalmente se pode comprar o direito de utilização de uma garantia imobiliária, ou seja, há pessoas que vendem a escritura de suas propriedades para a utilização como garantia. Não recomendamos esse método pois além de ilegal é perigoso, pois normalmente solicitam parte do pagamento de forma adiantada, portanto se a imobiliária ou o dono negar o papel de escritura, você provavelmente não terá seu reembolso e nem aonde recorrer. 

 

Empresas que vendem garantias

Mas tranquilos! Para quem não tem parente vivendo em Buenos Aires, também é possível comprar a garantia em empresas que vendem legalmente. Não são todos os donos ou imobiliárias que aceitam esse tipo de garantia imobiliária, mas está ficando mais popular a cada dia que se passa. Abaixo algumas empresas que oferecem esse serviço:

https://finaersa.com.ar/

https://www.garantiaya.com.ar/

Garantia BA

Além disso, o governo da cidade de Buenos Aires oferece um sistema de facilitação de garantia, no entanto, é um benefício direcionado às classes menos beneficiada, ou seja, se aplica ao benefício aqueles que tem menos condições sociais. 

Algumas dos requisitos para se aplicar no programa são: ter mais de 18 anos de idade, ter ingresso familiar superior a dois e inferior a sete salários mínimos, ter DNI argentino ou estrangeiro, não ter antecedentes financeiros desfavoráveis, não estar inscrito no registro de deudores alimentarios, o aluguel não deverá superar os 30% dos ingressos individuais/familiares netos mensais declarados. 

Para mais informações é possível acessar o site do governo através do link: 

https://vivienda.buenosaires.gob.ar/GarantiaBA#top

 

Aluguel diretamente com o dono

É muito comum a realização de contrato diretamente com o dono do imóvel, eles normalmente solicitam os mesmos requisitos que as imobiliárias, no entanto sem a comissão da mesma, o que deixaria o aluguel mais barato. 

É necessário sempre verificar sobre as intenções do dono quando alugando um imóvel, é muito comum casos de donos que desaparecem após o pagamento de um depósito adiantado. 

Sempre cobre um contrato feito pelo dono, de forma que você tenha segurança. 

Dicas na hora de alugar

  • Sempre lembre-se de ter o CUIT/Registro da imobiliária que você estiver alugando, além de tentar sempre ao máximo efetuar os pagamentos de aluguéis por depósito bancário para ter um documento válido de pagamento.
  • As imobiliárias são proibidas de cobrar o valor integral de um contrato, portanto, não aceite esse tipo de transação. 
  • Faça uma lista de itens e tire foto de tudo o que está presente no apartamento, peça para que a imobiliária ou dono assine. 
  • Guarde todas as contas que você pagou e comprovantes de pagamento.
  • Nunca abandone o imóvel, caso você receber uma carta de desocupação, busque um advogado antes de deixar o imóvel. 
  • Guarde notas fiscais de qualquer gasto que você tenha pelo imóvel.
  • Lembre-se de que os donos são os responsáveis por reparos no apartamento. 

 

Busque seus direitos

Caso você tenha problema com alguma imobiliária, você pode realizar a denúncia através  do email fiscalizacion@colegioinmobiliario.org.ar

Dentro do site do Colegio Inmobiliário você também pode encontrar uma lista das imobiliárias ilegais no país. 

 

Comentários